0

Tatuagem atrapalha no trabalho?

Compartilhe

Captura de Tela 2014-11-28 às 09.44.39

A tatuagem ainda é um tabu quando falamos em mercado de trabalho, dividindo muitas opiniões. Alguns consideram os desenhos no corpo como algo agressivo e não profissional. Outros apostam que possuir, ou não, tatuagens não está relacionado com a qualidade do profissional.

Dados de uma pesquisa realizada, via redes sociais, pela revista Superinteressante em 2013, com mais de 80 mil usuários entrevistados, revela que a maioria dos respondentes foram mulheres, com idade entre 19 e 25 anos, com ensino superior (veja pesquisa aqui). O fato é que com o passar dos anos a tatuagem deixou de ser algo marginalizado para se tornar um item de moda.

O crescimento do número de tatuados é confirmado pela ATPB (Associação de Tatuadores e Perfuradores do Brasil), que estima um aumento linear de 20% ao ano, desde 2009.

Com essa popularização, a presença das tatuagens pode não determinar uma contratação, mas a exposição das mesmas nem sempre é liberada, sendo muitas vezes camufladas por baixo de calças e camisas de manga longa.

O perfil da empresa e área de atuação pode ser determinante para quem deseja colocar os desenhos à mostra. Habitualmente áreas como a de comunicação, design e moda, são mais liberais. Nesses casos chama atenção os não-tatuados, visto que a maioria dos profissionais possuem ao menos uma marca em seu corpo.

De qualquer forma, a recomendação dos recrutadores para uma entrevista de emprego, é que o candidato conheça a empresa e entenda qual o perfil da vaga que irá preencher. Caso isso não seja possível antes da entrevista, esconder as tatuagens pode ser uma boa estratégia para não desviar a atenção do conteúdo que o profissional tenha a demonstrar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *